Atelier FOTOGRAFIA PINHOLE

Artistas Convidados: Jorge Pereira e Rui Cambraia
30 Nov a 3 Dez 2015 – Escola Secundária Júlio Dantas, Lagos

A fotografia pinhole (do inglês “buraco de alfinete”) é uma técnica fotográfica sem recurso a lentes, ou seja, onde a luz entra numa câmara escura directamente, através de um pequeno orifício (o pinhole), criando uma imagem no seu interior.
Esta técnica tem grandes potencialidades didácticas e pedagógicas porque ensina os fundamentos básicos do processo fotográfico através de experiências extremamente simples e criativas.
Recorrendo a materiais reutilizáveis, como caixas de sapatos e latas de biscoitos – com os quais se possa construir uma câmara escura (vedada à luz) –, é possível realizar imagens que podem ser impressas em papel fotográfico.
Estas câmaras fotográficas artesanais mais simples podem ser personalizadas/decoradas plasticamente, e servir de ponto de partida para outras mais elaboradas para experiências fotográficas e cognitivas sucessivamente mais complexas.


JORGE PEREIRA (Moçambique, 1974)
Em 1998, conclui o Curso Superior de Escultura na ARCA, em Coimbra.
Desenvolve diversos trabalhos cénicos para Teatro e Dança, em entre 2003-07 colabora com a Amálgama Companhia de Dança, ao nível do design gráfico e vídeo.
Participou em exposições individuais e colectivas, nas áreas da instalação, pintura, cerâmica, fotografia, entre elas: Concurso Internacional de Marvão e San Vicente de Alcântara – 1º Prémio (2004-05); AL NE – 100 imagens de portas em 10 localidades do Norte Alentejano (2005); Bienal de Porto Santo (2007); MALA – Mostra de Artistas de Lagos (2007, 09, 11); Maria Benta – Espólio de uma Fadista (2008); Allmnésia, instalação com Tiago Cutileiro, inserida no Allgarve (2008); re-identidades (2009); ALLENTEJO (2010); Lagos pelo buraco da agulha (2010). E no âmbito das actividades do LAC, nas exposições colectivas LAC – Dia Aberto (2007-15), ARTUR – Artistas Unidos em Residência (2011-12) e ROOTS – em Residência (Maputo, Moçambique, 2013 e Cacau, S.Tomé e Príncipe, 2014).
É autor das ilustrações de Malaquias, livro para a infância da autoria de Cristina Taquelim (2007). Executa regularmente trabalhos de desenho técnico de Arqueologia.
É artista residente e membro da Direcção do LAC – Laboratório de Actividades Criativas, tendo a seu cargo a imagem gráfica da associação desde 2006.


RUI CAMBRAIA (Lisboa, 1967)
Docente Equiparado a Professor-Adjunto na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico Portalegre (ESEP) entre 1999 e 2015.
Licenciado em Pintura pela escola Superior de Belas Artes de Lisboa (1992); Mestre em Estética e Filosofia da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2001); Pós-graduação: Curso de Doutoramento em Estética e Filosofia da Arte (componente curricular de terceiro ciclo de estudos superiores), pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2014).
Formação não-académica:
Frequência do Curso de Litografia e Serigrafia da Associação de Artistas Gravadores da Amadora (1989); estudos em técnicas mistas e pintura na escola The Art Students League of New York, nas classes de Bruce Dorfman e William Sharf (1995/1996); estágio de Introdução à Linguagem e Técnica do Vídeo, da Federação Portuguesa de Cinema e Audiovisuais (1997); workshop Direcção de Fotografia com Luz Disponível, no ‚âmbito dos Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia – AVANCA ’09 (2009); workshop Fotografia Digital, módulos I e II, Espaço_Corpo, Castelo de Vide, 2009; workshop Xilogravura, promovido pelo LAC – Laboratório de Actividades Criativas, Lagos (2015).
Trabalha em Produção, organização e acção pedagógica de eventos de natureza artística e sociocultural, na área das Artes Plásticas e da Fotografia, entre 2005 e 2015.
Como artista-plástico realizou 44 exposições de Artes Plásticas e Fotografia, das quais 37 projectos de grupo e exposições colectivas, e 7 exposições individuais, entre 1990 e 2015. Participou em duas residências artísticas no LAC – Laboratório de Actividades Criativas (Lagos, 2014).
Prémios:
Maratona Lomográfica, Centro de Ciência Viva de Estremoz, Fotografia, 2010; Património (i)material ñ Festividades do Concelho de Serpa, Fotografia, 2015.

www.ruicambraia.blogspot.com
www.pinholelab.blogspot.com