World of Interiors

De: Ana Borralho & João Galante
Estreia: Museu Colecção Berardo (Lisboa, Portugal / 2010)
Duração: 120"

World of interiors é uma performance com pessoas deitadas no chão, de olhos fechados e sem movimento evidente. Os 15 performers sussurram as palavras poéticas e zangadas do autor dramaturgo Rodrigo Garcia. O público é “convidado” a aproximar-se dos corpos dos performers para entender o que dizem.

World of Interiors explora a fronteira entre o espectador e a obra, integrando o público no espaço e no tempo da performance, identificando as tensões que se criam entre a arte e os códigos que regem a sociedade. O espectador pode entrar e sair da sala á sua vontade durante a duração da peça. Ele ou ela têm a liberdade de definir o tempo a permanecer na sala, o tempo que dedicam a um performer ou mudam para outro. Cada performer tem uma colagem diferente de textos a dizer. Existe uma partitura para os textos. Todos as partituras dos performers fazem parte de uma partitura colectiva, com momentos de coro, silêncio e canon.

© Sylvain Couzinet-Jacques

Conceito, direcção artística, espaço cénico e luz: Ana Borralho & João Galante
Performers: (15 pessoas locais escolhidas através de workshop / audição) estreia Lisboa: Ainhoa Vidal, Alina Bilokon, André Duarte, Antonia Buresi, Célia Jorge, Chris Scherer, Elisabete Fradique, Laurinda Chiungue, Luís Godinho, Maria Manuela Marques, Pedro Frutuoso, Pietro Romani, Renata Portas, Ricardo Barbosa e Rui de Sousa
Textos a partir de fragmentos da obra teatral de Rodrigo Garcia
Tradução e colaboração dramatúrgica: Tiago Rodrigues
Aconselhamento artístico: Fernando Ribeiro
Aconselhamento Luz: Thomas Walgrave

Produção executiva: Ana Borralho, Mónica Samões e Míriam Vale
Produção: casaBranca
Co-produção: Alkantara festival 2010, Museu Colecção Berardo, Útero / Espaço Land e Centre National de Danse Contemporaine Angers
Apoios: Atelier Real, Grande Cena, IEFP, JGM, VôArte, Centro de Reabilitação e Paralisia Cerebral Calouste Gulbenkian e TNT / Manufacture de Chaussures-Bordeaux
Apoio à estreia: Départs, Culture Programme of the European Union residência artística CNDC – Centre National de Danse Contemporaine Angers
Residência artística: Centre National de Danse Contemporaine Angers / França
Agradecimentos: Rodrigo Garcia, Mateo Feijó, Carlos Marquerie, Alexia Larrarté, Atelier Re.Al, Pedro Joel, NEC – Núcleo de Experimentação Coreográfica, Margarida Marecos, Walter Lauterer, Flávio Rodrigues, Lara Pires, Ana Margarida Carvalho, Roman Perona, Rui Dâmaso, John Romão, Armando Valente
Documentação vídeo da performance em Lisboa: Helena Inverno e Verónica Castro (Volante)
Fotografia de cena da performance em Lisboa: Vasco Célio